Chegou a hora do 13º salário. Mas nem todos têm esta garantia

Sofia Rodrigues, vice-presidente do Sinsaúde Campinas e Região

23/11/2016

 
O fim de ano é um período muito aguardado pelos trabalhadores. Isto porque, após um longo e cansativo período de trabalho, a perspectiva se renova com as festas de final de ano, a confraternização com a família e os amigos, além da possibilidade de renovação dos sonhos e projetos. 
E nada como ter um salário dobrado para animar todos os trabalhadores. É a época do 13º salário que chega para por ordem na casa ou para tornar estes momentos mais alegres e festivos. E por isto todos estão de olho no dia 30 de novembro, quando deve ser paga a primeira parcela do benefício e no dia 20 de dezembro, data máxima para liberação da segunda parcela. 
Sabemos que a maioria dos estabelecimentos de saúde vai liberar corretamente o 13º salário dos seus funcionários. Estarão cumprindo com sua obrigação, conforme estabelecido na legislação. 
Entretanto, o Sinsaúde está de olho em diversos estabelecimentos de saúde que, sistematicamente, vêm atrasando os salários dos seus colaboradores. Isto coloca todos em alerta. A diretoria do Sinsaúde já começou a se movimentar no sentido de mostrar a direção destes estabelecimentos de que é necessário honrar com o direito dos trabalhadores. 
Mas como diz um antigo filósofo: “Quem quer vencer um obstáculo deve armar-se da força do leão e da prudência da serpente.”
Sábias palavras. Em época de crise econômica, como a que passa o Brasil, é importante que não apenas os colegas que correm o risco de ficar sem o 13º salário, mas todos, de forma indistinta, armem-se de prudência. Como? Evitar se endividar e se receber o benefício optar primeiro por pagar as dívidas contraídas. Outra atitude sábia.  
Da nossa parte, vamos fiscalizar e pressionar para que tudo seja cumprido. Se não for, você companheiro, deve entrar em ação e, junto com o Sindicato, se mobilizar para fazer valer o seu direito e não permitir desrespeito por parte das direções dos hospitais, laboratórios e das clínicas.
Vamos lembrar! Direito do trabalhador é sagrado e o salário, incluindo o 13º, deve ser respeitado. Fiquem de olho nas datas.  
 
MAIS ARTIGOS
[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube