Sinsaúde realiza passeata em Campinas em defesa dos direitos dos trabalhadores

30/06/2017

A sexta-feira (30) iniciou marcada por diversos protestos em todo o país contra as reformas trabalhista e previdenciária que estão em trâmite na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.


Em Campinas, do cruzamento da Av. Moraes Salles com a Av. Francisco Glicério já se podia ouvir as palavras que marcavam o discurso dos diretores sindicais: “Não é reforma, é demolição dos direitos trabalhistas!”. Iniciado às 10 horas da manhã no Largo do Rosário, o manifesto em repúdio às reformas trabalhista e previdenciária teve participação de vários sindicatos, da União Geral dos Trabalhadores (UGT) e de outras centrais sindicais.


Além da saúde, estavam ali representados por seus sindicatos categorias como a dos comerciários e dos ferroviários que uniram vozes ao criticar os pontos das reformas que prometem desmantelar os direitos dos trabalhadores.


Aproximadamente às 12h30, o carro de som saiu do Largo do Rosário em direção ao Largo do Pará, na frente da sede do Sinsaúde. Quem acompanhava o carro aproveitou para distribuir folhetos de conscientização contra as reformas à população e aos lojistas. Para garantir a segurança dos manifestantes, policiais militares e agentes da mobilidade urbana interditaram a via durante o protesto.

 

 

 


 

Confira os vídeos do protesto
 

+ Confira as fotos do protesto


+ Leia o artigo “Reforma da Previdência propõe inviabilizar a aposentadoria pública no Brasil”, da presidente do Sinsaúde, Leide Mengatti.

 
 


 

[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube