Trabalhadores recusam proposta e greve no Hospital Ouro Verde é mantida

01/12/2017

Os trabalhadores do Hospital Ouro Verde, recusaram a proposta da Prefeitura de Campinas para o pagamento do 13º salário e decidiram manter a paralisação iniciada na manhã de hoje (01).

 

A decisão foi tomada em assembleia, às 14h30, quando o Sinsaúde levou aos trabalhadores a proposta apresentada em reunião pela Prefeitura, que sugeria o pagamento dos salários de novembro no dia 6 de dezembro e o 13º salário integral no dia 12 de dezembro.

 

Os trabalhadores querem que o 13º seja pago de imediato e só retornarão ao trabalho quando seus direitos forem respeitados.

 

Na reunião os diretores do Sinsaúde também exigiram que fosse escolhido um representante do Sinsaúde, do Sindicato dos enfermeiros e do Sindicato dos médicos, para integrar o comitê gestor da Prefeitura. “É preciso fazer gestão com competência e responsabilidade, portanto precisamos de um integrante de cada categoria participando das decisões, já que eles são a parte mais afetada”, afirma a presidente do Sinsaúde, Leide Mengatti.

 

Uma nova assembleia será realizada amanhã, dia 2, às 8 horas, para avaliar os rumos do movimento.

[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube