Amparo investiga a primeira morte por febre amarela na cidade

13/03/2018

Uma fotógrafa de 29 anos morreu no Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas, com suspeita de febre amarela. A afirmação foi feita nesta segunda-feira, pela Prefeitura de Amparo, cidade onde ela morava. O resultado só será conhecido após as analises do Instituto Adolfo Lutz. De acordo com a prefeitura a fotografa não tomou a vacina contra a doença , pois havia feito um transplante de rim e isso a impossibilitava. Ela teria sido infectada durante viagens que fez a Monte Alegre do Sul, onde três pessoas morreram em decorrência da febre amarela. O óbito ocorreu no sábado e o corpo foi sepultado no último domingo , no Cemitério Municipal de Amparo. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura 90% da população de Amparo está imunizada contra a doença e o governo intensificará as ações para elevar o índice.

 

Fonte: CBN

[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube