Pé na Estada atende trabalhadores de mais de 26 cidades no primeiro semestre do ano

02/07/2018

O projeto Pé na Estrada encerrou o primeiro semestre deste ano, atendendo trabalhadores de mais de 26 cidades que fazem parte da área de atuação do Sinsaúde. O projeto possibilitar a presença de diretores nos locais de trabalho dos profissionais da saúde. A bordo de uma van, dirigentes sindicais esclarecem dúvidas e prestam atendimento sindical, que antes só era realizado nas dependências fixas do Sinsaúde. Em algumas regiões, o atendimento jurídico do sindicato também foi disponibilizado pelo projeto aos trabalhadores. 

 

Neste primeiro semestre, além de realizar associações, divulgar as ações desenvolvidas pelo sindicato e os benefícios que os associados ao Sinsaúde possuem, o projeto também captou as demandas dos trabalhadores em cada hospital e deu explicações sobre as mudanças que ocorreram com a reforma trabalhista; além de assuntos de interesse geral da categoria como andamento de processos coletivos, negociações de Acordos Coletivos de Trabalho, etc.

 

O Pé na Estrada também auxilia o sindicato e casos específicos, como assembleias, plebiscitos, manifestações, etc. Neste primeiro semestre, foram 26 cidades atendidas: Louveira, Cabreúva, Itapira, Limeira, Campinas, São João da Boa Vista, Paulínia, Cajamar, Indaiatuba, Itu, Artur Nogueira, Cosmópolis, Mogi Mirim, Várzea Paulista, Jundiaí, Sumaré, Serra Negra, Jaguariúna, Espirito Santo do Pinhal, Araras, Araraquara, Borborema, Novo Horizonte, Americana, Itápolis e Marília.

 

“É fundamental estar próximo do associado para esclarecer sobre assuntos de interesse do trabalhador, como a campanha salarial, atividades de lazer e outras iniciativas do Sinsaúde. Com esta ação, o Sindicato estará mais perto de você", destaca a presidente do Sinsaúde, Leide Mengatti.

 

Maioria dos trabalhadores aprovam o projeto.

 

 “Eu acho bom, porque estimula a categoria que já é tão desunida. Acho boa essa proximidade para que os trabalhadores não percam a esperança de dia melhores”, iviane Arruda, Santa Casa de São João da Boa Vista.

 

“Pra mim é novidade, eu não sabia que existia o Pé na Estrada, mas acredito que é uma oportunidade pra nós trabalhadores da saúde, conhecer melhor o sindicato e sobre assuntos que estão aí mexendo com a nossa vida, como a reforma trabalhista”, Aline Carvalho, Hospital Municipal de Várzea Paulista.

 

“Gostei muito, é muito bom ser lembrada. Eu pretendo continuar com o sindicato, pois acredito no trabalho desenvolvido pela entidade e seus diretores”, Isabella de Souza, Hospital Paulo Sacramento.

 

 “É bom que o sindicato venha até nós, acho muito importante o diretor estar aqui”, Marcela Campos, UPA de Cosmópolis.

[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube