Hospital respeitou protocolos em caso de incêndio, diz diretor

13/09/2019

O diretor do Hospital Badim, Fábio Santoro, informou nesta sexta-feira, 13, que, dos 103 pacientes que estavam internados na unidade de saúde, 77 foram transferidos e seguem internados em doze hospitais, entre públicos e privados, e quinze receberam alta e já estão em casa.


Os transferidos foram para os centros médicos das Américas, Casa de Portugal, Caxias D’Or, Copa D’Or, Gaffrée Guinle, Israelita Albert Sabin, Unimed Barra, Norte D’Or, Quinta D’Or, Samaritano, São Bernardo e Rios D’Or.

Santoro afirmou também que o incêndio na noite de quinta matou 11 pessoas – um dos óbitos ainda estaria em fase de “oficialização”, segundo ele. O Instituto Médico Legal (IML) confirmou dez vítimas, todas identificadas. O diretor do hospital disse ainda que pelo menos vinte funcionários e acompanhantes estão internados. “A equipe do hospital está em contato com as unidades que receberam os pacientes, inclusive com o deslocamento de funcionários para esses hospitais”, informou em pronunciamento à imprensa.

Segundo ele, nem todos os mortos estavam internados no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Santoro acrescentou que está colaborando com as autoridades para o esclarecimento da tragédia e que o protocolo de resgate e atendimento do hospital para casos de incêndio foi seguido.

O diretor do hospital lamentou as mortes e agradeceu a rede de solidariedade formada por vizinhos e familiares durante a retirada dos pacientes em meio ao incêndio.

Fonte: Veja

[ FECHAR ]
[ FECHAR ]

GALERIA MULTIMÍDIA

VER TUDO

instagram

youtube